O que significa ser sustentável?

O que significa ser sustentável?

Você sabe qual a diferença entre ser sustentável e sustentabilidade? Ao contrário do que muitos pensam, esses termos não têm o mesmo significado. O termo sustentável está relacionado ao uso dos recursos naturais ofertados pela natureza de maneira consciente, ou seja, sem comprometer sua disponibilidade para as gerações futuras. São ações que vão além de separar o lixo para a reciclagem ou plantar árvores.

Mas como posso ser sustentável?
Com simples gestos é possível ser uma pessoa sustentável e ajudar o planeta. Veja como:
• Reduzir o uso do carro, evitando a emissão de gases causadores do efeito estufa;
Separar o lixo reciclável do orgânico;
• Não jogar óleo de cozinha em ralos de pias — o óleo contamina as águas e mata os ecossistemas nela presente;
• Utilizar energia renovável, como a energia solar que é gerada através de painéis solares;
• Poupar energia. A principal forma de produção de energia no Brasil é por meio de hidrelétricas e, ao economizar, você vai colaborar com o meio ambiente e ainda reduzirá o preço da sua conta de luz.

Uma empresa sustentável não agride o meio ambiente ao utilizar os seus recursos. Ela os utiliza de maneira consciente e evita que eles se esgotem num futuro próximo. Apesar de parecer complexo, são práticas simples que fazem com que uma empresa seja sustentável. Algumas delas são:

• Fazer uso de produtos reciclados ou reciclar as próprias embalagens;
• Utilizar fontes alternativas de energia;
• Inspecionar com frequência a infraestrutura da empresa, para garantir que não está ocorrendo nenhum vazamento de água;
• Não estocar matéria-prima em grande quantidade, evitando que estrague e seja necessário seu descarte;
• Fazer embalagens que se decomponham mais rapidamente;
• Utilizar produtos biodegradáveis;
• Reduzir o uso de papel;
• Incentivar os funcionários e colaboradores da empresa a terem hábitos mais sustentáveis.

Ser sustentável é essencial para a preservação do meio ambiente. Com ações sustentáveis os recursos naturais não se esgotam, podendo ser utilizados por gerações futuras.